Fixos em Deus

Um jovem, após ter sido castigado por seus pais várias vezes, e chegado a conclusão de que não conseguiria se corrigir, dirigiu-se ao diretor do colégio e humildemente perguntou:

"Professor, o que devo fazer para não cometer esses erros novamente? Tenho me esforçado, mas não estou conseguindo!.”

O mestre então, sabiamente, tomou um copo, encheu-o de água e entregou-o ao jovem, dizendo:

"Filho, ande com esse copo por todo o colégio, entre em todas as salas, suba e desça todas as escadas, entre em todos os cantos e becos, nos jardins, no sótão e volte aqui sem derramar uma só gota dessa água.”

“Impossível” – disse o jovem. “Não vou conseguir!”.

“Se você quiser, vai conseguir sim” – disse o mestre. O jovem saiu, devagar, com os olhos fixos no copo. Subiu e desceu escadas, entrou e saiu de salas, cantos e becos, sótão, jardins, e voltou sem ter derramado a água.

O mestre olha-o, bate-lhe nos ombros carinhosamente e diz: “Não viu as garotas que passeavam pelo jardim no horário de aulas? Os colegas que te convidavam para um copo de bebida, ou uma tragadinha, um cigarrinho?”.

“Não” – responde o jovem. “Eu estava com os olhos fixos no copo”.

O mestre sorri, e diz: “Se você fixar os olhos em Deus, como fez com o copo, terá a força que tanto precisa para vencer as tentações e não cometerá mais as faltas pelas quais tem sido castigado. Olha para Deus, e deixe-o ser o rumo da sua vida!

2 comentários:

Fato. Acho que o que atrapalha é que como as pessoas não vêem Deus, acabam se esquecendo dele. Infelizmente isso ocorre cmg às vezes :/

9 de abril de 2011 22:11 comment-delete

Poxa, como estou feliz por conhecer esse blog! E eu achando que poderia estar maluca, ou sozinha. Mas estou contente por saber que Deus tem conquistado outras pessoas para, juntos, conquistarmos mais almas pra Cristo Jesus! Gostei muito daqui, de verdade, e já estou seguindo. Espero, de todo meu coração, que esse blog continue firme e forte, em nome do Altíssimo.

Graça a paz!

20 de abril de 2011 19:01 comment-delete

Postar um comentário