Larga de ser enrolado, cabeção!


Todo mundo conhece alguém enrolado. Tem aquele que é enrolado com grana, aquele sempre enrolado nos relacionamentos ou ainda aquele cara enrolado em trambiques e malandragem.

Cara, sai fora dessa! A Bíblia fala o seguinte em Hebreus 12 : 1 e 2: "Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta, olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus".

O início do vs. 1 fala sobre uma 'grande nuvem de testemunhas'. Você deve se perguntar: ow, o que é isso? É todo mundo que está à sua volta no colégio, na igreja, na família, etc. Temos que manter o nosso testemunho diante de todos. Mas como? Largando de ser enrolado, deixando de lado o pecado e as tentações que estão sempre por perto. São aquelas coisas que todo mundo diz "não tem nada a ver", "ninguém vai saber". Se dermos mole, essas coisas vão tirando o lugar de Jesus na nossa vida e passam a ficar no topo.

Não é uma tarefa fácil, aliás é beeeem tensa! Mas existe uma saída: olhar SEMPRE pra Jesus, autor e consumador da nossa fé. Precisamos lembrar que Ele já sofreu por nós todas as dificuldades, todas as tentações e VENCEU! Em cada momento de sofrimento que Ele passou, você pode ter certeza que Ele estava pensando em você. Jesus morreu em nosso lugar, isso é DEMAIS. Toda a dor que a gente deveria sofrer ELE já sofreu por nós.

Para finalizar, fico com as palavras do nosso grande irmão Pedro: "Mas, como é santo Aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver" (I Pedro 1:15).

Deus te abençoe!

1 comentários:

nossa, esse texto é uma verdade!!
é bem tenso manter o testemunho, mas olhando para Jesus a gente consegue... o problema é q as vezes o mundo cega a gente e aí só a misericórdia pra nos salvar! ;/

12 de agosto de 2010 22:37 comment-delete

Postar um comentário