Com a boca no pó

Olá, tudo na santa paz do SENHOR? Ultimamente ando meio Offline graças a um propósito que fiz com Deus e ando postando pouco, mas hoje senti de vir aqui escrever o que Deus tem me falado nos ultimos dias e me falou ontem no culto.



Nós, em nossa natureza, amamos ser abençoados por Deus, amamos quando recebemos vitórias, e adoramos quando Deus nos usa. Ok, é certo você amar essas coisas, até por que veio de Deus. Mas a gente começa a errar quando somos ingratos com Deus e achamos que todas as nossas conquistas, vieram da nossa própria capacidade, e sem perceber, ficamos orgulhosos. Somos dominados pelo ORGULHO. E sem querer, perdemos muitas coisas na vida por consequência do orgulho. Por causa do medo de colocar a boca no pó, de se humilhar.

Em 2 Reis 5 conta a história de Naamã, chefe do exército do rei da Síria. Homem de altíssimo cargo entre os siros, respeitado por muitos, homem valoroso, porém tinha um problema: Era leproso. Depois de um tempo, o profeta Eliseu ficou sabendo e o chamou e mandou avisarem a ele que para ele ser curado dessa doença, deveria mergulhar 7 vezes no Ro Jordão. Porém, o orgulho de Naamã impedia dele mergulhar e receber a cura. O Rio Jordão, era um rio imundo, poluído e cheio de sujeira, e Naamã não queria se 'rebaixar a esse nível' e mergulhar num rio tão sujo, enquanto haviam outros rios, Abana e Farpar, que eram rios mais bonito e limpos. Só que Naamã teve que arrancar o orgulho do seu coração, se humilhar para receber a cura. E assim o fez, mergulhou sete vezes e depois do sétimo mergulho, sua pele ficou como de um menino. Ele confiou em Deus.

Posição elevada, respeito, reconhecimento não pôde curar Naamã, a riqueza que ele tinha não o pode curar. Mas ele teve que tirar o orgulho do coração dele, se humilhar, se rebaixar, para receber a cura. Não vá achando que só porque você é superior aos outros, pode conseguir o que quer. Se tu conquistar algo, seja grato a Deus e não a si mesmo.

O que eu acho muito errado, é que isso tem entrado cada vez mais nas igrejas. São pastores e líderes que acham que só porque ocupam uma posição boa, não precisam se humilhar e se acham melhores que os outros. Querem apenas mergulhar nos Abana e Farpar da vida, e em nenhum momento querem se jogar no Jordão. E com isso, perdem muita coisa.

Se hoje tu tá em busca de algo, pare um momento, olhe pra si mesmo e veja se o teu orgulho tem te impedido de se humilhar, de colocar a boca no pó, pra receber o que Deus tem pra você.
Não não rejeita um coração arrependido, um coração que se humilha na presença dEle.

Peça pra Deus quebrar o seu orgulho, e fazer você descer cada vez mais nos Jordãos que Ele tem te proposto. E tu vai ver, assim como Naamã, a Glória de Deus sendo revelada.

É isso gente, espero que esse post tenha falado com o coração de vocês. Até o próximo!
God bless you!

@_NathanFilipe

3 comentários:

Amém. Obrigada pela palavra.

Anônimo
14 de novembro de 2011 21:46 comment-delete

é isso aí mano!

21 de novembro de 2011 13:43 comment-delete

Façamos apenas uma correção, o profeta Eliseu não mandou chamar Naamã, na verdade ele disse ao rei de Israel para deixar vir até ele para que soubessem que existia profeta em Israel.

"Não acrescentareis à palavra que vos mando, nem diminuireis dela..." (Deut. 4:2)

Anônimo
5 de maio de 2012 01:39 comment-delete

Postar um comentário